O que fazer se um cachorro morde?

Casos de ataques de animais em humanos, infelizmente, não são raros. Ninguém está a salvo de tais incidentes, mas principalmente as crianças sofrem com elas. Se não foi possível evitar um acidente e a situação ficou fora de controle, é necessário ter a capacidade de prestar primeiros socorros à vítima. Você precisa saber como pode proteger a si e a seu filho de consequências perigosas. Então, o que fazer se um cachorro mordeu? Vamos tentar entender essa pergunta difícil.

O que é perigoso para uma mordida de animal humano

O maior perigo está em experimentar um fato consumado. Uma pessoa começa a sentir uma sensação de desamparo e medo de uma possível repetição da situação. Algumas pessoas subsequentemente ficam com medo de cães e tentam evitar contato próximo com eles. Lesões físicas tornam uma pessoa incapacitada por um longo tempo.

Se o cão simplesmente agarrou suas calças, podemos assumir que o indivíduo escapou com um pouco de medo. As pessoas mordidas quase sempre precisam procurar ajuda médica. Em casos especialmente graves, é indicada hospitalização imediata. Além disso, existe o risco de contrair raiva e outras doenças infecciosas.

Se o cão mordeu uma criança, você deve agir imediatamente. O fato é que o corpo das crianças é mais suscetível ao desenvolvimento de infecções. Se você não tomar as medidas necessárias a tempo, o resultado pode ser muito desastroso.

Uma briga de cães pode se transformar em uma tragédia para uma pessoa

Tipos de mordidas

Externamente, a mordida do cão, como o lobo, se assemelha a uma ferida lacerada ou perfurada. O fato é que os dentes desses animais são bastante afiados. Uma briga com quaisquer representantes de predadores pode se transformar em uma tragédia para uma pessoa. Os especialistas distinguem dois tipos principais de mordidas.

  1. Mordidas superficiais. Caracterizam-se pela ausência de sangramento e ocorrem quando o animal não fechou a boca completamente, mas apenas danificou levemente a pele.Mordidas superficiais não ameaçam a vida, no entanto, não é recomendável deixar de entrar em contato com uma instituição especializada. É melhor garantir que nada realmente ameace sua saúde do que pensar que nada de ruim aconteceu e se arriscar.
  2. Mordidas profundas. O mais perigoso para a saúde e pode até representar uma ameaça para a vida humana. Mordidas profundas são caracterizadas por sangramento grave, danos aos tecidos moles, inchaço e choque. Se o cão mordeu o sangue, a dor pode ser observada por várias horas. As pessoas costumam ter esses ferimentos em cães vadios. Os animais de rua costumam se reunir em bandos e atacar por causa da fome ou por causa da defesa forçada. Uma mordida profunda também pode ser obtida em um cão doméstico. Tais casos não são incomuns. Um animal pode causar ferimentos graves, mesmo para um hospedeiro amado, devido ao medo ou como resultado de uma infecção por raiva.
Se um cachorro de estimação mordeu, é necessário tomar exatamente as mesmas medidas que no caso de um cachorro de rua.

Mordida profunda

Algoritmo de ação de mordida

Você deve entender com antecedência que, em casa, as mordidas de cães não são tratadas. Isso causa muitos danos relacionados a lesões físicas. Caso contrário, você pode facilmente perder a parte mordida do corpo. Uma atitude descuidada geralmente leva a problemas adicionais.

Se um pequeno cão doméstico morde, a ferida ainda deve ser tratada com cuidado.

Mesmo que o cão tenha mordido levemente o braço ou a perna, sem deixar feridas profundas, ainda é recomendável consultar um médico. A consulta de pessoal médico aqui não será supérflua. Considere a sequência de ações.

  1. Distância segura. A primeira coisa a fazer é afastar-se do animal. Se um cão de estimação morde uma criança, você precisa agir rapidamente, sem hesitar. Uma distância segura protegerá contra novas tentativas de ataque.
  2. Ligue para uma ambulância.Depois que a ameaça de um segundo ataque tiver passado, você deve ligar imediatamente para uma equipe médica.
  3. Tratamento de Feridas. Antes da ambulância chegar, você deve tentar aliviar a condição da vítima. É necessário limpar a ferida da sujeira e saliva do animal. Para fazer isso, é recomendável lavar a superfície da ferida com água limpa e sabão. O uso de peróxido de hidrogênio ou clorexidina também é aceitável. As bordas da ferida podem ser tratadas com uma solução fraca de permanganato de potássio ou iodo.

Sangramento

Se a perda de sangue após uma mordida de cachorro for pequena, você não poderá detê-la até a chegada de especialistas. No caso de uma ferida substancial, é necessário aplicar uma compressa estéril à ferida. Essas etapas simples ajudarão a evitar outras complicações graves. Sangramento intenso pode agravar significativamente a situação, portanto, você deve tentar eliminá-la mais rapidamente.

Um curativo estéril de pressão deve ser aplicado à ferida

Choque psicológico

Uma mordida de cachorro é um teste psicológico difícil para a psique. Após o evento, uma pessoa geralmente se sente deprimida, confusa, sem vontade de se comunicar com outras pessoas. Estas são manifestações de choque psicológico. Quando a imagem familiar do mundo entra em colapso, o indivíduo fica sozinho com sua ansiedade e não sabe como viver. Ao mesmo tempo, estranhamente, não importa o quanto o cachorro tenha mordido.

O fato de uma mordida rompe os estereótipos usuais, faz com que você experimente um choque emocional significativo, que às vezes não é tão fácil de lidar. Junto com a dor física vem a consciência de sua vulnerabilidade, os pensamentos mais sombrios assombram. Tais experiências podem até levar à depressão, para formar um comportamento de personalidade evasivo. É por isso que, após uma mordida de cachorro, juntamente com o tratamento ambulatorial, é recomendável procurar ajuda de um psicólogo.

Infecção

Se um cachorro mordeu na rua, qualquer pessoa deve se lembrar de que a coisa mais séria não é tanto infligir ferimentos quanto conseqüências descontroladas. A infecção durante uma mordida é uma consequência séria, que só pode ser evitada em casos raros. Isso acontece porque os cães infectados pelo vírus da raiva são mais propensos a atacar seres humanos. Um animal calmo e próspero nem pensa em se atirar em uma pessoa.

Raiva

Uma pessoa afetada por uma mordida de cachorro não pode saber o quão saudável o animal era. É provável que ele esteja infectado com raiva ou outra doença infecciosa transmitida pelo sangue. A raiva representa uma ameaça real à vida humana. Por esse motivo, não trate você mesmo. Se um cão raivoso o morde, procure ajuda médica com urgência.No hospital, os médicos tomarão as medidas apropriadas e evitarão a propagação da infecção. É provável que um cachorro mordido seja pego. Isso é feito para a segurança de outros cidadãos.

Vacinação oportuna é a única salvação da raiva

Compensação Legal

A lei russa estabelece um certo grau de responsabilidade por tais incidentes. Segundo a lei, se alguém foi mordido por um cão doméstico, toda a responsabilidade recai sobre seu dono. Ele terá que fornecer à polícia um certificado de vacinação, para provar que o animal não está infectado com nada e não tem problemas de saúde. O proprietário do animal deve pagar integralmente o tratamento à vítima, bem como pagar uma certa quantia separadamente por danos morais.

Assim, o conhecimento de primeiros socorros à vítima nunca pode ser supérfluo. Se um cão mordeu uma pessoa, você precisa reunir sua vontade em um punho e agir imediatamente. Você não pode entrar em pânico: isso só pode estragar tudo. Confusão e lágrimas têm mais probabilidade de atrapalhar do que ajudar. Às vezes, a vida de uma pessoa em particular depende da velocidade de reação de outras pessoas, de suas idéias elementares sobre segurança.

Assista ao vídeo: COMO FAZER O CACHORRO PARAR DE MORDER (Março 2020).